Naufrágio da ‚Tech,‘ colapso de ações tendo ramificações de longo alcance para outros ativos

  • O ’naufrágio tecnológico‘ e a queda da bolsa de valores tiveram impacto em vários setores.
  • Os rendimentos do Tesouro caíram quando os investidores fugiram para investimentos em portos seguros.
  • O bitcoin e o petróleo sofreram quedas substanciais.

O colapso da tecnologia, que começou na semana passada, continuou até terça-feira, quando as ações caíram mais de 600 pontos. O Nasdaq, que era um país com grande volume de tecnologia, perdeu 3% durante o curso das negociações, pois os investidores fugiram do setor.

O atual colapso, após meses de forte crescimento, viu os investidores fugirem para outros ativos. As notícias de um impasse contínuo no Congresso sobre futuros controles de estímulo também pesaram sobre os mercados. Essas forças, por sua vez, tiveram efeitos abrangentes em outros setores, incluindo títulos, petróleo e Bitcoin Circuit.

Colapso tecnológico

O declínio atual das ações tecnológicas começou na semana passada, quando os investidores começaram a vender fora das posições. O Nasdaq perdeu 3,9%, com as chamadas ações ‚FAANG‘ perdendo entre 3% e 5% cada uma.

Os analistas vinham sugerindo que o setor estava super-comprado há algum tempo. As avaliações estavam substancialmente além dos níveis históricos, com empresas como a Tesla e outras liderando o caminho. As ações da montadora de carros elétricos caíram 18% no dia seguinte ao de seu desaprovamento pelo S&P 500.

Pegando uma faca que cai

O colapso do mercado também tocou a Média Industrial Dow Jones (DJIA), com o índice perdendo até 650 pontos. A maioria das outras ações também caiu, já que os investidores buscaram escolhas mais seguras.

Estas incluíram títulos do Tesouro, que viram os rendimentos caírem substancialmente. Os rendimentos se movem em sentido inverso ao preço. À medida que os preços sobem com a compra, os rendimentos caem. A nota do Tesouro de dez anos viu os rendimentos caírem 4 pontos base para 0,678%, enquanto a nota de 30 anos caiu 6 pontos base.

Os movimentos do Tesouro indicam que os investidores que tiraram lucros da forte corrida tecnológica estavam procurando paraísos durante o colapso.

O petróleo também viu diminuições substanciais, pois a tecnologia e o DJIA pareciam indicar que a demanda não iria aumentar. Com os meses de condução mais pesados terminados, e as nações da OPEP não honrando as quedas de produção, o petróleo também pareceu em grande parte supervalorizado. O petróleo bruto Brent caiu abaixo de $40/barril pela primeira vez em meses.

Bitcoin Down

Embora o colapso das ações pudesse levar os investidores à Bitcoin, o preço da principal moeda criptográfica também estava em baixa nas notícias. O BTC caiu abaixo de US$ 10.000, um importante nível de apoio.

O declínio também coloca em questão a narrativa da Bitcoin como um ativo de refúgio seguro. Os investidores se aglomeraram para as contas T, e o ouro permaneceu estável durante o volátil dia de negociação, mas o bitcoin diminuiu. A situação pode indicar problemas mais profundos para a Bitcoin nos próximos dias.